Banzai Coworking

Banzai Coworking

Realize, compartilhe, inspire!  

 Quando nos procuraram para fazer um coworking, muitas pessoas, aqui na cidade, ainda pergutavam um ‘co’ o que? Foi logo que chegou na cidade esse conceito que a família Rulez propôs fazer um ambiente ‘ideal para quem procura atmosfera inspiradora e descontraída’. 

Os irmãos Ana e Lucas e a esposa dele Aitana realmente são pessoas que pensam fora da caixa, a criatividade deles é algo admirável, sempre ficamos surpresos com as ideias e sugestões que trouxeram para nós. Foi um desafio usar diversos materiais, cores e deixar tudo harmônico, eles queriam um ambiente que serviria para trabalho e também para estudos, aulas, palestras, seria multifuncional, dinâmico e inovador.

O espaço em que eles trabalhavam até então, era na frente de onde seria o Banzai, com desenhos de artistas na parede, objetos de decoração um tanto inusitados como caveiras, bonequinhos e demais o coworking deveria ser uma continuação, um ir além no espaço físico e criativo para eles desenvolverem seus serviços. Mantiveram firmes o conceito de deixar tudo integrado não fechando nenhuma sala, eles queriam ir fundo no conceito internacional de coworking.

Criamos o desenho de uma malha de ferro que foi repetido em vário pontos, principalmente na fachada servindo de grade de proteção e principalmente de atração, soldados um a um, são nossa parte preferida do projeto. As artes de grafite foram propostas e desenhadas pelo artista cascavelense Eduardo Scorteganha. No projeto quase tudo é móvel, é possível afastar as mesas e transformar o espaço em um grande salão para palestras.

Ousadia, inovação, startup e Alice

Já que ousadia não era problema para eles, fizemos uma linguagem artística marcante, desde a definição do piso até as lâminas das mesas. O banheiro feminino é todo inspirado em Alice no País das Maravilhas, com mosaico de vidros montado pela Ana Karla, o masculino traz Mário Bros como personagem.